Igreja Santa Rita entra na lista de imóveis que podem ser tombados como patrimônio público em Indaiatuba

0
313

Pedido de tombamento foi feito pelo Padre Xico atual vigário da Igreja

A Fundação Pró-Memória de Indaiatuba classificou como de interesse público municipal, pelo seu valor cultural, a igreja de Santa Rita de Cássia, localizada na Avenida Major Alfredo Camargo Fonseca, 399, bairro Cidade Nova.

Este é o primeiro passo para que o local seja considerado para fins de preservação e futuro tombamento. A proprietária do bem, Arquidiocese de Campinas, deverá ser formalmente comunicada da resolução do conselho da Fundação

Conforme parágrafo segundo do artigo sexto da lei 3.328 de 1996, que regulamenta o tema em Indaiatuba, a Fundação tem até cinco anos para analisar toda a documentação e deliberar sobre o tombamento do prédio. O pedido foi feito pelo padre Francisco de Paula Cabral de Vasconcelos, o padre Xico, que atuou no local por mais de 56 anos como pároco e agora é vigário.

Segundo o site da Fundação Pró-Memória, Indaiatuba conta com sete locais tombados: Fazenda Engenho D’água localizada na Rua Zéphiro Puccinelli, bairro Jardim Morada do Sol local que no passado já funcionou a Escola EStudual Suzana Benedicta Gigo Ayrese e a SUB-Prefeitura do Jardim Morada do Sol; Casarão Pau Preto – Rua Pedro Gonçalves, 477, no Jardim Pau Preto; Igreja matriz Nossa Senhora da Candelária; Casa Paroquial; busto de Dom José de Camargo Barros, localizado na Praça Leonor de Barros Camargo; além das edificações do Hospital Augusto de Oliveira Camargo; Caixa D’água que fica na Rua Pedro Gonçalves, no trecho entre as ruas Antônio Zoppi e João da Fonseca Bicudo. (Gil Nunes/Rádio Jornal Indaiatuba)

Deixar um Comentário