Por Gil Nunes

Após dados divulgados pelo Infosiga SP, sistema de dados do Governo de São Paulo gerenciado pelo programa Respeito à Vida, a reportagem da Rádio Jornal de Indaiatuba constatou que a redução no número de óbitos em trânsito na cidade é maior do que no Estado. A comparação é referente ao período dos meses de janeiro a julho de 2019 e 2020.

Os números mostram a redução de 16,67% relação ao mesmo período do ano passado. Em 2019 foram 14 óbitos este ano o número é de 12, sendo que quatro casos ocorreram em maio. O número de Indaiatuba está acima da média do Estado, que é de 12,9%. Em 2019 no Estado, foram registrados 3.078 óbitos contra 2.726 este ano.

Dos números de óbitos no trânsito em Indaiatuba 66% foram de vítimas de moto, 34% pedestres, 22% de automóvel, 14% bicicleta e 11% outras formas. Já 83,11% das vítimas fatais no trânsito em Indaiatuba são homens e 16,22% mulheres. Colisão é o maior número de casos com 59%, seguido de atropelamento com 35%. A faixa etária que mais morre no trânsito em Indaiatuba é a de 18 a 24, com 28%. Os dados estão no site do Infosiga.

Ainda segundo o sistema, em Indaiatuba, o número de acidentes com vítimas fatais caiu 27,7%. No ano passado foram 14 casos e em 2020 houve um total de 11. Já no Estado a redução foi menor, ficando em 15,52%. Em números absolutos, 2019 ocorreram 2.854 e este ano 2.464 acidentes.

Deixar um Comentário