Indaiatuba confirma sétima morte por Covid-19; vítima tinha 38 anos

Homem morreu em hospital particular de Salto na madrugada desta quarta-feira (6)

0
618

A sétima morte provocada pela Covid-19 em Indaiatuba foi confirmada nesta quarta-feira (6), em Indaiatuba (SP).
A nova vítima da doença na cidade é um homem 38 anos. Ele estava internado em um hospital particular no município de Salto (SP) município vizinho a Indaiatuba, desde o dia 25 de abril, era diabético e hipertenso e morreu durante a madrugada. Os primeiros sintomas apareceram no dia 18 de abril. Segundo informou a Prefeitura de Indaiatuba, o homem tinha testado positivo para Covid-19.
Também nesta quarta-feira, 6, foram acrescentadas mais 88 notificações de casos que entraram para investigação por contaminação da covid-19.
A prefeitura confirmou também mais dois casos positivos para Covid-19 e agora Indaiatuba tem 69 casos confirmados da doença. Desse total 57 estão curados. Ainda há quatro mortes em investigação e outros 67 casos cujos exames laboratoriais ainda não foram liberados pelo Instituto Adolpho Lutz (IAL).

Também nesta quarta-feira (6) dois pacientes que estavam internados no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc) receberam alta depois de apresentarem melhora nos quadros clínicos. Eles entram na estatística de curados da doença no município. Ambos haviam testado positivo para a Covid-19.

No boletim divulgado hoje a Prefeitura da cidade salientou que “este ainda é o momento e manter as medidas de prevenção como: o distanciamento social, a higienização constante das mãos e dos ambientes”.

A partir de amanhã, 7 de maio, o uso de máscaras será obrigatório em todo o Estado de São Paulo ao sair para atividades essenciais.
Questionada sobre a possibilidade de multa para quem sair às ruas sem máscaras a Prefeitura afirmou que neste primeiro momento os agentes de fiscalização estarão apenas orientando as pessoas, mas que a cidade irá seguir o Decreto Estadual. (Joseane Miranda/Rádio Jornal Indaiatuba).

Deixar um Comentário