Indaiatuba não registra óbitos por Covid-19 nesta terça; ocupação da UTI do Haoc atinge 100%

Cidade tem hoje 74 pacientes internados em tratamento para síndrome respiratória. Do total de internados 41 estão confirmados para a doença. São 49 pessoas internadas em leitos clínicos e 25 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

0
760

A UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) atingiu 100% de ocupação nesta terça-feira (1º).  A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital e também pelo poder público da cidade durante uma transmissão pela internet na noite de hoje.   De manhã eram 16 pessoas internadas na UTI e por volta das 16h esse número subiu para 24.

Segundo o prefeito da cidade, Nilson Gaspar, “pacientes que necessitarem de UTI terão que ser transferidos para outras cidades”. Em transmissão por uma rede social, o prefeito afirmou ainda que “não há profissionais qualificados – médicos e enfermeiros intensivistas – disponíveis para contratação no momento”.

Nesta terça-feira quando a situação em relação aos leitos de UTI na cidade se agravou pela primeira vez desde o início da pandemia, Indaiatuba não registrou óbitos pela doença.  A cidade soma 250 óbitos pela Covid-19.  Além disso, a Prefeitura divulga em seu boletim diário que foram registradas outros 13 óbitos pela Covid-19 de não moradores do município.

Segundo o boletim diário emitido pela Prefeitura, há 74  pacientes internados em tratamento para síndrome respiratória. Do total de internados 41 estão confirmados para a doença provocada pelo novo coronavírus. Dos internados, 49 estão em leitos clínicos e 25 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação dos leitos é a seguinte:

Leitos Clínicos

Haoc: 81%

Santa Ignês: 67%

UTI

Haoc: 100%

Santa Ignês: 50%

A Secretária de Saúde de Indaiatuba, Graziela Garcia, afirmou durante a transmissão pela internet que por dia a UPA 24H (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Morada do Sol   e  no Pronto Socorro do Haoc são quase 300 pessoas por  se queixando de sintomas de gripe. Indaiatuba está em estado de atenção por conta do índice de contaminação dos últimos dias.

Nesta terça-feira foram registradas 651 notificações suspeitas (entre hospitais, laboratórios particulares e unidades de saúde); 98 confirmações (exames positivos) e 343 casos descartados (exames negativos).

Desde o início da pandemia, 9.229 pessoas contraíram a doença no município. Desses, 8.938 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar e 1.071 casos suspeitos aguardam resultados de exame para Covid-19.

Deixar um Comentário