quarta-feira, janeiro 20, 2021
Página 3

Abertas inscrições para o Vestibular 2021 da Fiec

0

Gil Nunes

A Fiec – Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura – recebe até o próximo dia 28 as inscrições para o Vestibular 2021. Conforme o edital publicado ontem, dia 20, as inscrições para o preenchimento de 40 vagas para o curso de tecnólogo em processos químicos, começam hoje, dia 21. O requisito é ter concluído do ensino médio. Os futuros alunos deverão cumprir uma carga horária 2400 horas mais 400 horas de estágio. As inscrições deverão ser feitas pelo site www.fiec.com.br. A taxa para participar do vestibular é de R$ 50.

As provas estão previstas para o dia 22 de novembro, das 9h às 13h. Segundo o edital, no dia da avaliação os candidatos deverão seguir os protocolos de saúde como o uso de máscaras, distanciamento social, uso de álcool em gel e sinalizações que serão feitas nos locais de aplicação das provas. Ainda de acordo com edital, haverá questões de matemática, química, língua portuguesa, biologia, física, geografia, história, inglês e uma redação. O gabarito das provas será divulgado no dia 23, a partir das 14h e o resultado no dia 27 de novembro. A matrícula para os primeiros 40 colocados deverá ser feita de 11 a 14 de janeiro de 2021, na Fiec, na avenida Fabio Roberto Barnabé, 3.405, Jardim Regina. As aulas têm início no dia 8 de fevereiro de 2021. O edital completo pode ser conferido no site http://fiec.tfaa.cloud/site/flx/119/260/download.do

Toyota abre programa de demissão voluntária para o setor da produção em Indaiatuba

A Toyota abriu um Programa de Demissão Voluntária (PDV) específico para os colaboradores da produção da planta da montadora em Indaiatuba. Pelas regras do PDV os colaboradores têm até o dia 3 de novembro para assinar a adesão. O PDV começou no dia 15 deste mês de outubro. A empresa não divulga números de adesões feitas nestes primeiros cinco dias do programa.

“A decisão de aderir ao Programa de Demissão Voluntária (PDV) é exclusiva de cada colaborador”, informou assessoria de comunicação da multinacional, na tarde desta terça-feira (20).

Pelas regras anunciadas pela empresa o colaborador que aderir ao PDV terá direito a alguns benefícios. O incentivo é de doze meses de salário, 13º e férias proporcionais e PLR (Participação nos Lucros e Resultados). Além disso, quem aderir terá direito a plano de saúde extensivo aos familiares também por doze meses. Para os colaboradores com familiares com doenças crônicas relacionadas no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) o acesso ao plano de saúde será de um ano e meio.  

A decisão da Toyota do Brasil de abrir um Programa de Demissão Voluntária apenas para o setor da produção da fábrica de Indaiatuba é por conta da necessidade de “readequação” ao atual cenário econômico e “redução de custos”. A empresa afirma que trabalha neste sentido há algum tempo, mas que devido à pandemia da Covid-19 houve “a necessidade de reduzir o número de colaboradores da produção na cidade”.

O objetivo é ajustar o nível de produção a nova realidade do seguimento de sedans médios no Brasil. Em Indaiatuba a Toyota produz o modelo Corolla. A multinacional sustenta que houve queda nas vendas nos mercados interno e externo por conta da pandemia. De janeiro a setembro de 2020 a queda ficou na ordem de 40% em relação ao mesmo período de 2019.

A empresa não esclarece se pretende demitir colaboradores do setor da produção em Indaiatuba após o fim do prazo do PDV. A multinacional tem atualmente cerca de dois mil colaboradores na planta da cidade entre o setor administrativo e a produção. A Toyota Indaiatuba foi inaugurada em 1998.

Este não é o primeiro PDV anunciado pela Toyota do Brasil em 2020. Em setembro a montadora japonesa abriu um programa de demissão voluntária específico para o setor administrativo para todas as plantas no país.

Com mais 3 óbitos, Indaiatuba chega a 221 mortes pela Covid-19

A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Secretaria de Saúde confirmou nesta segunda-feira (19), que ocorreram três óbitos de moradores com resultado positivo para Covid-19. O total de moradores mortos desde o início da   pandemia  está em 221.

A cidade também tem outras 11 mortes que ocorreram em hospitais da cidade, mas de acordo com a informação do poder público local, são de pessoas com residência em outros municípios.  Através de um processo da Diretora Regional de Saúde de Campinas, o município tenta incluir esses óbitos nos municípios de origem destas vítimas da doença.

Os óbitos confirmados hoje aconteceram no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo e são dos seguintes casos:

– 75 anos, masculino, internado desde 17/10 – óbito em 18/10 – comorbidades: hipertensão, diabetes, entre outros

– 76 anos, masculino, internado desde 07/07 e óbito em 19/10 – comorbidades: Pneumopatia Crônica

– 60 anos, feminino, internada desde 18/09 e óbito em 18/10 – comorbidades: sem antecedentes

Situação Epidemiológica

O Departamento de Vigilância Epidemiológica confirma também mais 9 casos positivos de Covid-19 e total chega a 7.597 pessoas infectadas. Ainda há outros 405 casos suspeitos da doença aguardando resultado.

Situação Epidemiológica

Nesta segunda-feira (19) foram acrescentadas 88 notificações e, além disso, foram descartados 79 suspeitos.

Indaiatuba soma 36.296 notificações; 7.597 confirmados, sendo que 221 evoluíram a óbito; 7.348 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar e 28 confirmados continuam internados, um a menos que o dia anterior.

Atualmente há 49 pessoas internadas nos hospitais do município, sendo 26 pessoas internadas em leito clínico e 23 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

A taxa de ocupação dos leitos clínicos é de 40% para o Haoc e 50% para o Hospital Santa Ignês, referente aos leitos de UTI para o Haoc é de 83% e para o Hospital Santa Ignês 25%.

Grávidas poderão fazer teste para a Covid-19 no próximo domingo em Indaiatuba

Gestantes moradoras de Indaiatuba poderão fazer teste para o novo coronavírus no próximo domingo, dia 25.  A testagem será pelo sistema Drive Thru, anunciou a Secretaria de Saúde do município. A expectativa é atender três mil mulheres.

A ação será em sistema Drive Thru, onde as pessoas não precisam sair dos carros e acontecerá no estacionamento em frente ao Centro de Convenções Aydil Bonachella, Rua das Primaveras altura do número 210, no Jardim Pompeia.

As equipes de saúde estarão no local para realização dos testes das 8h às 12h e das 13h às 16h30. O objetivo é realizar um inquérito sorológico para avaliar a quantidade de gestantes moradoras do município que já tiveram contato com o vírus.

Para ter acesso a testagem a gestante deve levar seu cartão de pré-natal.

Testes

Serão aplicados dois tipos de testes para as grávidas moradoras do município. Gestantes que não apresentam sintomas de Covid-19 farão o teste rápido, IgG (Imunoglobulina G) e IgM (Imunoglobulina M) que são anticorpos que o organismo produz quando entra em contato com algum tipo de micro-organismo invasor. Este tipo de teste identifica se a pessoa está com o vírus ou se já teve contato e agora possui a imunidade, para esse teste o resultado saíra em aproximadamente 15 minutos.

Já as grávidas que estiverem com sintomas da doença farão o RT-PCR e serão orientadas pela equipe médica de acordo com o quadro clínico. Neste segundo exame o resultado não é imediato. Todas as amostras colhidas serguirão para análise no laboratório municipal.

Em Indaiatuba, o poder público informa que já realizou 28.377 testes para Covid-19 em três diferentes ações de testagem para estudo soroepidemiológico. Essas testagens foram feitas na Fiec (Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura), além dos bairros Jardim Oliveira Camargo e Vila Brigadeiro Faria Lima).

Indaiatuba soma 216 moradores que perderam a vida pela Covid-19

O total de mortes em Indaiatuba pela Covid-19 subiu para 216 nesta quarta-feira (14).

O poder público local confirmou mais um óbito de morador da cidade pela doença. O óbito ocorreu no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), uma paciente de 84 anos, internada desde o dia 29 de setembro. A vítima faleceu ontem (13). Segundo o boletim do novo coronavírus, a vítima possuía diabetes, hipertensão, entre outras comorbidades. 

O número de pessoas internadas hoje continua o mesmo do boletim de ontem. No entanto, aumentou o número de internados que testaram positivo para a doença. Ontem eram 27 e hoje 28.

Situação Epidemiológica

O Departamento de Vigilância Epidemiológica confirma hoje mais 57 novos casos positivos e total chega a 7.516 pessoas infectadas.

Na data de hoje foram acrescentadas 152 notificações (casos suspeitos), além disso, foram descartados 194 suspeitos (resultado negativo para a Covid-19).

Indaiatuba soma 35.729 notificações; 7.272 confirmados; 7.272 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar e 28 confirmados continuam internados, um a mais que o dia anterior. Ainda há outros 310 casos suspeitos aguardando resultado.

O total de pessoas internadas em tratamento para a doença hoje é de 56. São 32 pessoas internadas em leito clínico (enfermaria) e 24 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

A taxa de ocupação dos leitos clínicos é de 56% para o Haoc e 36% para o Hospital Santa Ignês, referente aos leitos de UTI para o Haoc é de 79% e para o Hospital Santa Ignês 42%.

Utilidade Pública: Falta de Água

0

Por Gil Nunes

Conforme o Saae (Serviços Autonomo de Água e Esgoto), devido a substituição emergencial de um registro que foi concluída nesta madrugada houve a perda de nível em alguns reservatórios que estão causando desabastecimento nos bairros Renata, Remulo Zoppi, Bom Princípio,  Vale 1 e 2, São Francisco,  Califórnia, Brizola, CECAPS 1, 2 e 3, Kyotto, Pedroso, Santa Cruz,  Morada do Sol Parte Alta (center Jeans), Nações,  Alice, JK, Tancredo Neves e ruas adjacentes. O Saae ainda informa que problemas no 0800 causado pelas quedas de energia nessa madrugada. A autarquia está atendendo apenas pelo WhatsApp (19) 99615-8035.

Indaiatuba registra mais um óbito por Covid-19 e total vai a 207

0

Nesta quarta-feira (30) foi confirmado mais  um óbito de paciente com resultado positivo para Covid-19. Com a atualização Indaiatuba soma 207 mortes.

O óbito, ocorrido nesta terça-feira (29) no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo,) foi de um homem de 73 anos que estava internado desde o dia 16 de setembro. Ele era hipertenso e tinha fibrilação atrial crônica.

Na data de hoje foram acrescentadas 158 notificações (casos suspeitos), e outros 22 casos positivos de Covid-19, além disso, foram descartados 94 suspeitos (exames negativos).

Indaiatuba soma 33.661 notificações; 7.041 confirmados; 6.809 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar e 25 confirmados continuam internados, mesmo número registrado ontem.

Ainda há outros 451 casos suspeitos aguardando resultado.

Nesta quarta-feira eram 23 pessoas internadas em leito clínico e 16 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação dos leitos clínicos é de 35% para o Haoc e 43% para o Hospital Santa Ignês, referente aos leitos de UTI para o Haoc é de 50% e para o Hospital Santa Ignês 33%.

INSS ainda não tem previsão para reabrir agência de Indaiatuba

A agência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em Indaiatuba continua sem data prevista para reabrir para atendimento ao público. A informação foi novamente confirmada nesta quarta-feira (30/09) pela assessoria de imprensa do órgão à reportagem da Rádio Jornal. “Não há previsão de retomada do atendimento presencial na unidade do INSS em Indaiatuba”.

A agência local do INSS está instalada no Park Mall, no Jardim Pompeia e está fechada deste março por conta da pandemia da Covi-19.

Segundo o INSS, a reabertura das agências ocorre de forma gradual e neste momento “não serão todas as unidades que vão reabrir”.

A alternativa para quem precisa de atendimento é continuar utilizando os meios digitais ou tentar atendimento em outra unidade na região. Segundo a agência estão disponíveis online serviços como pedidos de aposentadorias, pensões, salário-maternidade, emissão de extratos previdenciários. Os canais remotos podem ser acessados nos seguintes endereços: telefone 135, meu INSS (gov.br/meuinss ou aplicativo para celulares).

Na região de Campinas já estão reabertas e atendendo para o serviço de perícia médica as agências da previdência social de Campinas e Santa Bárbara d’Oeste. Desde o dia 17 de setembro, também já retomaram o atendimento administrativo as unidades de Cosmópolis e Nova Odessa.

Nesta etapa da retomada do atendimento presencial, as unidades atendem apenas segurados agendados e em horário reduzido, das 7h às 13h.

Todas as unidades do Estado de São Paulo seguem prestando o serviço “Exigência Expressa“. Esse meio alternativo consiste na disponibilização de urnas na entrada das agências para que o interessado deposite cópia simples das comprovações solicitadas pelo INSS, na unidade mais próxima de sua residência.

Indaiatuba não tem óbito por coronavírus nas últimas 24 horas

0

Da Redação

Indaiatuba não tem óbito por Coronavírus nas últimas 24 horas. O município manteve o número de 204 mortes pelo novo coronavírus.

Nesta segunda-feira, dia 28, o Departamento de Vigilância Epidemiológica confirmou mais 49 novos casos positivos e total chega a 6.991 pessoas infectadas. Ontem também foram acrescentadas 178 notificações. Além disso, foram descartados 143 suspeitos.

Sendo assim, Indaiatuba soma 33.288 notificações; 6.991 confirmados. Até o momento 6.758 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar, número igual ao dia anterior.

Ainda há outros 350 casos suspeitos aguardando resultado.

Em Indaiatuba são 38 pessoas internadas em tratamento com diagnóstico positivo ou suspeita da Covid-19.  Deste total 29 estão com a Covi-19.

São 22 pessoas internadas em leito clínico e 16 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

A taxa de ocupação dos leitos clínicos é de 38% para o Haoc e 29% para o Hospital Santa Ignês, referente aos leitos de UTI para o Haoc é de 50% e para o Hospital Santa Ignês 33% também.

Saae faz alerta à população sobre a importância da economia de água nesse período de estiagem

Por Joseane Miranda

A chuva na cidade de Indaiatuba de acordo com o SAAE, Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Indaiatuba ficou abaixo da média no primeiro semestre deste ano.

De acordo com a medição realizada pelo Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae), que coleta os dados por meio do pluviômetro instalado na Estação de Tratamento de Água, ETA III no bairro Pimenta, este ano choveu entre janeiro e agosto 773 milímetros, 231 mm a menos que no mesmo período de 2019, uma queda de 30%.

Em 2014, quando tivemos a pior estiagem vista na região, choveu 524 mm. 

Além do baixo índice pluviométrico e das temperaturas elevadas que estimulam o consumo de água e também aumentam a evaporação dos mananciais, houve um aumento de 18% no consumo de água entre os meses de abril e agosto, em relação à 2019.

O SAAE afirma que o “o aumento no consumo de água  também tem relação com o isolamento social devido a Pandemia.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade ganhou 5 mil novos moradores no último ano.  “Para evitar que os níveis dos reservatórios fiquem abaixo do esperado, é primordial que todos colaborem e não desperdicem água, para que seja possível manter toda a cidade abastecida até o final desse período de estiagem, que normalmente vai até outubro e novembro”, alerta o superintendente, Sandro Coral.

Segundo estudo da ONU (Organização das Nações Unidas) uma pessoa precisa de 110 L de água para atender todas as suas demandas diárias, no Brasil, a média da população gasta 200 L de água por dia.

Como economizar água com atitudes simples

1.Não lave a calçada, use a vassoura.

Utilizar a mangueira por 15 minutos consome 280 litros de água. Quatro dias lavando você gasta mais de uma caixa d’água de 1.000 litros.

2. Fechar a torneira enquanto escova os dentes. A economia é de até 97 litros de água.

3. Não tome banhos demorados. Uma ducha de 15 minutos gasta, em média, 135 litros de água. Cerca de 5 minutos são suficientes para higienizar todo o corpo.

4. Faça a manutenção periódica dos equipamentos hidráulico no imóvel. Essas gotinhas podem custar muito caro. Uma torneira pingando pode desperdiçar até 1.500 litros de água por mês.

5. Limpe a louça antes de lavá-la. Essa é uma dica e tanto para evitar o desperdício. Tire o excesso de resíduos a seco e só depois jogue água. E não se esqueça de desligar a torneira enquanto estiver ensaboando.

6. Acumule as roupas para lavar. Assim, você enche totalmente a máquina e usa água uma vez só. E reutilize água da máquina de lavar. Essa água não é própria para o consumo, mas pode servir para lavar o quintal e dar descarga. Essa ação ajuda ao planeta e alivia o seu bolso na hora de pagar as contas. Ah, você também pode armazenar a água.

- Publicidade -

Postagens Recentes